#ReveleChapecó - Conheça a história do Monumento ao Desbravador

Um blog sobre o mercado imobiliário de Chapecó

Onde especialistas dão dicas para comprar, vender e alugar com inteligência

#ReveleChapecó – Conheça a história do Monumento ao Desbravador

#ReveleChapecó – Conheça a história do Monumento ao Desbravador

Temos muita história para contar! Com 102 anos de história experimentamos um crescimento de dar inveja a grandes centros econômicos. Somos internacionalmente conhecidos pela força da agroindústria, temos educação forte, setor de tecnologia em constante desenvolvimento, turismo de negócios consolidado e muitos potenciais culturais, econômicos e políticos.

Chapecó é sensacional, não é mesmo? Nossa trajetória é cheia de riquezas e curiosidades e o foco do nosso #ReveleChapecó de hoje é o monumento O Desbravador! Continue lendo esse Blog e entenda um pouco mais sobre esse símbolo da cidade.

 

O Desbravador

O monumento O Desbravador foi inaugurado em 25 de agosto de 1981 quando Chapecó comemorou 64 anos. Sua criação está associada justamente à fundação da cidade. A figura, que chama a atenção pela imponência, é de um gaúcho que na mão direita segura um machado, simbolizando o trabalho e, na mão esquerda, um louro, que reflete a vitória e as conquista locais. O Desbravador possui 14m de altura e 5,70m de largura.

 

Idealização

Segundo o caderno do Ceon (confira aqui), embora a estátua não represente a figura de uma pessoa específica, ela faz parte do imaginário do Lions Clube, grupo social que idealizou a obra. O monumento também abriga em sua base o Memorial Paulo de Siqueira, onde as obras do artista estão expostas e podem ser visitadas.

Produzido com ferro, aço e concreto, o monumento levou três meses para ser construído, pesa aproximadamente 9 toneladas, mede 14m de altura e 5,75m de largura.

 

Localização privilegiada

Situado bem no centro de Chapecó, o monumento fica próximo à praça que homenageia o Coronel Bertaso – colonizador do município. Também está ao lado da Paróquia Santo Antônio que foi criada por Dom Daniel Hostin, Bispo de Lages, em junho de 1931 (cf. decreto nº 6 da Cúria de Lages).

Sua presença marcante chama a atenção dos turistas que costumam prestigiar a obra e não saem sem fazer seus registros fotográficos.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre a história do monumento O Desbravado? Fique ligado que em breve temos mais conhecimento sobre os potenciais locais no nosso #ReveleChapecó.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *