Um blog sobre o mercado imobiliário de Chapecó

Onde especialistas dão dicas para comprar, vender e alugar com inteligência

Saiba como montar uma adega em casa em 5 passos

Saiba como montar uma adega em casa em 5 passos

O vinho é muito importante para diversas culturas, principalmente para aquelas em que a economia gira em torno do produto. Ele exige um cuidado especial desde o seu processo de concepção até a entrega aos locais de venda, pois a bebida demanda um condicionamento adequado. Por isso, se você aprecia adquirir diferentes tipos de vinho deve montar uma adega em casa.

As adegas são os locais adequados para preservar as características do vinho por muito tempo. Nós preparamos algumas dicas para ajudá-lo a criar o espaço ideal em sua residência. Que tal conferir?

5 passos para montar uma adega em casa

A adega de vinho é o espaço escolhido e preparado para armazenar a bebida com um clima controlado e adequado, seja para o consumo rápido ou para esperar pelo envelhecimento natural. Você pode construir diferentes modelos de adega em casa ou adquirir um produto pronto para essa finalidade. Saiba com o que se preocupar na hora de criar o espaço:

 

1. Defina o ambiente

O local onde serão armazenados os vinhos é o primeiro fator a ser considerado na hora de montar uma adega. Se você pretende guardar muitos exemplares, por exemplo, o ideal é reservar um cômodo da casa para isso.

Já se o objetivo é manter apenas algumas garrafas uma pequena área é suficiente, como uma parede da sala ou área de festas. Nesse caso, a adega pode ser elaborada pensando na decoração do ambiente.

Independentemente da escolha, o local não pode receber a luz direta do sol e não deve ser extremamente quente ou frio. Se a residência tem um porão ou garagem escura, por exemplo, esses podem ser os espaços mais adequados.

 

2. Escolha a madeira

Geralmente, os vinhos são armazenados em estantes de madeira, pois o material ajuda a manter a temperatura correta para o armazenamento da bebida. Um tipo muito bom de madeira para essa finalidade é o mogno, um material resistente, bonito e que preserva a qualidade do produto.

Se você não tem facilidade de acesso ao mogno também pode optar pela madeira de pinheiro, de sapele, carvalho, cedro ou peroba. Aí é só usar a criatividade para transformar a sua adega em um item de decoração na casa!

 

3. Evite alterações bruscas

Fique atento às movimentações feitas nas garrafas, pois qualquer alteração brusca pode prejudicar a qualidade do vinho. É fundamental escolher um local com estabilidade para manter as bebidas, pois as trepidações são capazes de provocar rachaduras no vidro. O ideal é evitar que ocorra a entrada de ar e o excesso de pressão interna na bebida para preservar o conteúdo.

 

4. Cuide do ambiente

Ter uma adega em casa exige mais alguns cuidados do proprietário. Um deles é o excesso de iluminação nas garrafas, uma vez que a luz causa alterações químicas que prejudicam a qualidade do sabor. Sendo assim, tenha um ambiente escuro e que não sofra a forte incidência de luz solar ou artificial.

A umidade também é outro cuidado essencial para preservar o sabor da bebida. O excesso de umidade, por exemplo, pode criar fungos que estragam a rolha. Ambientes secos, por sua vez, são capazes de gerar rachaduras no interior e prejudicar todo o conteúdo.

Logo, é importante manter a garrafa na posição horizontal para deixar a rolha umedecida. Também é necessário ficar atento às condições de umidade do espaço, pois o ideal é manter uma média de 70%. Em Chapecó, por exemplo, o ideal é utilizar um umidificador para manter o ambiente adequado para a preservação das características do vinho.

 

5. Avalie a opção de adega termoelétrica

Se você não tem muito espaço na residência para separar um cômodo específico ou se preocupa com as variações climáticas, uma opção é adquirir uma adega termoelétrica.

Há diferentes opções no mercado que permitem o controle de temperatura por um painel eletrônico e sistema de resfriamento digital, sem que isso gere barulho ou vibração. Inclusive, há modelos com sistema dual zone para regular diferentes temperaturas no interior do ambiente.

Agora você já sabe como montar uma adega em casa para curtir bons momentos com a família ou amigos. Pronto para criar o seu espaço e adquirir vinhos diferenciados? Então, conheça os tipos que fizeram sucesso em 2018! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *